Turismo em Bariloche

A enorme gama de paisagens da Argentina tem em Bariloche um destino turístico especial, distinguido como o centro de turismo invernal mais importante da América Latina. Situada nos majestosos Andes da Patagônia, San Carlos de Bariloche é a principal cidade do departamento ao que da o nome, Bariloche, e da província onde se situa, Río Negro. O turismo em Bariloche é a atividade fundamental da região, graças a sua magnífica infra-estrutura urbana e seu privilegiado entorno natural.

Elevados cerros da cordilheira cobertos de neve, lagos plácidos como um espelho, abundantes árvores nativos e variados exemplares da fauna autóctone compõem a paisagem ecológico incomparável do Parque Nacional Nahuel Huapi, junto ao qual se estendem as altas montanhas da cordilheira formando um postal inesquecível.

San Carlos de Bariloche, cidade cultural

Este impressionante marco natural da refugio a uma cidade cativante em si mesma, onde a infra-estrutura moderna com seus avançados serviços turísticos e comerciais se mistura com as tradições montanhistas que a viram nascer como pequena vila andina a princípios do século XX. Região dos índios mapuches, o interesse turístico que provocou Bariloche com suas ladeiras para o esqui logo resultou no desenvolvimento de uma magnífica cidade.

O Centro Cívico, fundado no final da década dos trinta, é símbolo desse impulso turístico de Bariloche, inspirado na chamativa arquitetura das vilas alpinas. Vários museus e centros culturais se localizam na área urbana da cidade, com interessantes propostas para os turistas. A Catedral Metropolitana de Bariloche, uma das mais belas do país, é outro foco de grande atração entre os visitantes. Para os numerosos grupos de jovens que chegam no inverno, a noite barilochense se abre a muitas alternativas para sair para dançar e se divertir. Também são emblemáticas as numerosas chocolatarias distribuídas por toda a cidade, que oferecem aos turistas chocolates de alta qualidade conhecido em todo o mundo.

Natureza e aventura na paisagem de Bariloche

Os amantes do esqui encontram nos cerros de bariloche um cenário estupendo para esta atividade. Entre junho e setembro, os meses invernais, a neve forma pistas naturais que convocam a milhares de aficionados. O Cerro Catedral, o mais alto de Bariloche, é também o centro de esqui mais importante da região, onde os expertos e novatos se juntam para desfrutar da adrenalina dos esportes de neve. As viagens em teleférico e os mirantes na cima das montanhas são clássicos passeios pelos relevos patagônicos.

Em primavera e verão, o ecoturismo tem seu encontro nas impactantes reservas florestais na beirada dos lagos. O centenário Bosque de Arrayanes, a mística Ilha Victoria, o panorama do Cerro Campanário, a península do Llao Llao… As paisagens de Bariloche se conectam em estampas fascinantes. A época cálida é ideal para a pesca e os esportes aquáticos. Os dias calorosos de dezembro e março convidam a tardes de praia nos balneários de Bariloche.

Neve, praia, bosque, montanha, cultura, tradição e serviços de primeiro nível, tudo em só um destino. Desde grupos familiares até adolescentes e intrépidos aventureiros, todos encontram em Bariloche numerosas opções para desfrutar de uma estadia maravilhosa.